Padrão de beleza, a reforma forçada.

Art de Vinegar

Na escala dos corpos esculturais estou mais para uma escultura ainda não concluída. Tive algumas namoradas. Elas me queriam mais forte, cogitei mudar, ganhar um peso, definir braços, tornear pernas. Dessa forma elevaria minha autoestima, seria mais atraente, um desses galãs apaixonantes e bem resolvidos.

O tempo passou, fiquei solteiro e nesse quase um ano, malhei bastante as minhas ideias. Descobri o valor dos exercícios transcendentes. De lá para cá voltei a escrever versos, crônicas ,  arrisquei uns contos. Sem correr atrás de qualidades literárias excepcionais, com meus escritos vi se revelarem belezas na minha angústia.

Suponhas tu morar num lugar que ame. Então chegam pessoas com severas críticas. Querem derrubar paredes, alargar cômodos, pintá-lo. Tu até gostarias de umas reformas, mas como neste caso viriam de invasões e não do teu desejo, seria natural sentir o peito apertar.

Sempre me agoniou transformar meu corpo porque lá nas raízes de mim, eu sempre o gostei desse jeito. Eu, como qualquer ser humano, não gosto de reformas forçadas.

E para o nosso bem viver, eu te convido a fugir delas.

Caso a  humanidade inteira conseguisse obedecer aos padrões de beleza impostos, teríamos corpos, cabelos, olhos,  de tipos iguais ou próximos. Sumiriam as diferenças entre os símbolos sexuais desta era e nós.

Sorte o padrão ser doloroso de alcançar, chegar nele seria matar nossas diversidades e ficaríamos, ironicamente, feios de tão parecidos.

Se para alguns o consumismo é quem manda, digo. É uma questão de economia. Sai mais barato se aceitar do que gastar até a última barra de ouro tentando ser outra pessoa.

 Alan Lima

Anúncios

1 comentário

  1. Thais · abril 27, 2015

    A mais pura verdade , ser diferente e gostar de ser assim nos torna únicos e especiais .

    Curtir

Seu comentário é importante. Você é importante. Todos somos importantes. Menos alguns, tem gente que nãoi é importante. Nem todo mundo é importante. Talvez você não seja importante. Mas poxa, comente aí, seu comentário é. : )

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s