Tu tens olhos ensolarados, menina, descansa.

de Veneno de Salto

Descansa, menina, descansa. Deita aqui nesta parte de mim.

A outra nem sei onde tá. Esta sobra, espaçosa,

deita nela  tua cabeça,  relaxa teu mundo.

 

Repousa  passado,  calendário vencido,  relógio estragado.

Te encosta nesse canto pra eu revelar mais tarde a canção.

No agora, estique as perninhas e te sintas no chão.

 

Guarda teus voos de passarinho nervoso…

Tudo é uma questão de sonhar em paz.

 

Acorde depois de mim, serena e ainda menina

Ria que teu riso

Irradia uma constelação de estrelinhas em mim

Espalhei meia dúzia de luas pelos ares!

Te mantenhas explodindo esperanças!

Havendo faltas e escuros cotidianos

Ainda tens luz própria. Ainda tu tens olhos ensolarados, menina, descansa.

Alan Lima

Anúncios

Seu comentário é importante. Você é importante. Todos somos importantes. Menos alguns, tem gente que nãoi é importante. Nem todo mundo é importante. Talvez você não seja importante. Mas poxa, comente aí, seu comentário é. : )

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s